Ter um bom booking engine integrado no website do seu hotel e ligado diretamente ao PMS (property management system) é meio caminho andado para aumentar o número de reservas diretas. A importância dada a esta ferramenta é cada vez maior e é igualmente relevante mantê-la operacional, tendo especial atenção à organização do Back Office.
De forma a manter o Back Office organizado, existem algumas regras a seguir como conservar a mesma lógica quando se criam e/ou se inserem conteúdos nos diferentes campos e simplificar os códigos de descontos.
Na altura de inserir conteúdos como textos, imagens, ofertas e /ou complementos no Back Office, é importante preservar e seguir sempre uma regra pré-estabelecida. Quando se insere uma nova rate code ou oferta, a nomenclatura deverá ser seguir sempre uma lógica como por exemplo: “CATEGORIA-PACKAGE-LISTADEPREÇOS”. Desta forma obtém-se nomes fáceis de entender como “DUPLO-RO-BAR” ou “SINGLE-BB-NRF”.
Há igualmente uma tendência para criar vários descontos no booking engine ao longo do tempo, no entanto, para segurar o Back Office organizado deve-se estabelecer regras de nomenclatura e evitar certos símbolos. Por exemplo, para se inserir um desconto de 5% sobre o valor total de uma dada reserva, deve-se evitar nomes como “Desc5%” ou “desc-5%” e colocar antes algo simples como DESC5.
Portanto, instalar um booking engine não é suficiente para se obter resultados. Para além da configuração técnica e de ações relacionadas com marketing digital, a manutenção do Back Office é crucial, ajudando a equipa a trabalhar de forma coerente.